Ir para o conteúdo

Grupo de nove estudantes de arte de Nova Iorque abrirá noite festiva! 

No próximo sábado, dia 27 de agosto, a JAM no MAM vai comemorar seu aniversário em grande estilo, recebendo convidados especiais para uma jam session de sons e sotaques diferentes. Além da participação especial da Orquestra Sinfônica da Bahia, sob a regência do maestro Carlos Prazeres (diretor da OSBA), nove estudantes de música e teatro da prestigiada Juilliard School, de Nova Iorque, farão uma apresentação junto com os músicos da Banda Base, com quem participaram de uma oficina para troca de experiências culturais e aprendizado de estilos musicais tradicionais do Brasil e do jazz americano.

alt

Com sede em Nova Iorque, a Juilliard School é uma das mais conhecidas e prestigiadas escolas de arte em todo o mundo. Em Salvador, um grupo de jovens estudantes da Julliard está participando de um intercâmbio para a realização de workshops com músicos locais. Os trabalhos envolveram professores e alunos da Emus, do Curso de Música Popular da UFBA, a Orquestra Afro Sinfônica e o grupo Percussivo Mundo Novo, além dos músicos da Banda Base da JAM no MAM, que convidaram os estudantes norte-americanos para uma canja na edição de aniversário do projeto. A jam session com os alunos da Juilliard acontecerá logo no começo da noite, iniciando os festejos com uma performance que promete misturar ritmos brasileiros com standards tradicionais do Jazz americano.

A noite de aniversário da JAM no MAM marca uma nova etapa do projeto, que conta agora com o patrocínio da Oi e do Governo da Bahia, através do Programa Estadual de Fomento a Cultura – Fazcultura, com apoio cultural do Oi Futuro. Ivan Huol, diretor musical do projeto, explica que, por ser uma noite especial é que esses convites estão sendo feitos aos grupos, já que isso raramente acontece na JAM no MAM. “A proposta da JAM é tocar sem ensaio prévio e com músicos que você não programou tocar; aí está a magia desse tipo de apresentação musical. É um espaço para experimentação, para o risco”. E acrescenta: “Essas apresentações do dia 27 são uma espécie de presente que estamos dando para o público e para nós mesmos, já que dificilmente conseguiremos repetir a dose”.

Como acontece todos os sábados, a sessão de aniversário da JAM no MAM será realizada a partir das 18h, na área externa do Museu de Arte Moderna da Bahia. O ingresso custa R$ 5,00 (inteira).