Ir para o conteúdo

Juilliard, Banda Base e OSBA fizeram a trilha da festa!  

A JAM de aniversário não foi exatamente pontual, já que o volume de apresentações da noite demandou um esforço extra da produção. Mas às 18h30 os alunos intercambistas do famoso conservatório nova-iorquino Juilliard School iniciaram a apresentação de uma peça autoral e bastante emocionante, que deu a largada da noite. A Banda Base se apresentou em seguida, abrindo uma sequência com a nata da música popular brasileira: “Donatiando” (Ivan Huol), “Sto Antonio” (Hermeto Pascoal), “Erê Alabê” (Ivan Bastos), “A Rã” (João Donato) e “Viola Violar” (Milton Nascimento).

alt

Às 21h a OSBA entrou em campo com seus 40 músicos – entre os quais Joatan Nascimento e André Becker, integrantes da Banda Base da JAM – sob a regência do maestro Carlos Prazeres. “Suite for Chamber Orchestra and Jazz Piano Trio”, de Claude Bolling, foi uma das obras executadas. E logo depois o tão esperado encontro com a Banda Base, onde tocaram “Antônio e Astor”, composição de Ivan Bastos, com arranjo para orquestra de Jacques Morelembaum. Uma noite inesquecível!