Ir para o conteúdo

Violinista francês abriu performances da noite do 10 de setembro. 

altUma sonoridade diferente chamava a atenção dos que desciam a rampa do pátio da JAM e chegavam mais perto pra conferir mais uma noite de música. Eram os efeitos e distorções do violinista francês Didier Lockwood, que deu início aos trabalhos musicais deste sábado, 10/09, com seu ousado violino eletrificado. E a noite começou bem, com "All that thins you are”, e “On green dolphin street”.

O público sentiu falta de alguns músicos da Banda Base, que estava com sua formação reduzida nesta noite. Mas vida de músico é assim: muitos shows, turnês... E quando a Orkestra Rumpilezz viaja, convida parte da Banda Base!


alt

O trombonista Diego Rosa representou muito bem o naipe de sopros, e as participações não deixaram o palco ficar vazio num só instante. Estiveram: Wadson Calazans (guitarra), Alexandre Vieira (baixo), Toni Mola (percussão), André Luba (baixo), Gabriel Rosário (bandolim), Gilson Verde (7 cordas), Cacau (guitarra), Roni (percussão), Felipe Guedes (guitarra)e André Tang (bongô). Show de bola! Ou melhor, de música!!!