Ir para o conteúdo

Venha na JAM de 23/07 e descubra!

Formado por um quinteto de sopro e um trio na base, com baixo acústico, piano e bateria, o Quintetrio é o novo grupo de música instrumental baiano, que alia o melhor do balanço do samba brasileiro com arranjos sofisticados e improvisos do estilo samba-jazz – que teve seu auge no início da década de 1960. Criado pelo músico Ivan Huol, o Quintetrio fará sua estreia na JAM no MAM desse sábado (23/07), abrindo a programação musical da noite (às 18h) antes da Banda JAM no MAM iniciar sua performance e convidar os artistas presentes para improvisar ao longo da jam session.

O QuinteTrio é um tributo ao saudoso baterista Edison Machado e seu disco "É Samba Novo", que com sua música sofisticada dava bem o tom do que era o Brasil pré-golpe de 1964. Tomando como referência os arranjos dessa obra, Ivan Huol explica que a proposta de octeto do Quintetrio funcionará bem ao estilo “combo”, que significa formações médias, mas com uma sonoridade de “big band”, com grande espaço para improvisações jazzísticas. Huol teve uma experiência marcante como baterista da “Gafieira de Fred Dantas” e da “Orquestra Fina Flor” de Zeca Freitas, entre os anos 1980 e 1990, o que o inspirou também à retomada dessa proposta. A partir daí, desenvolveu uma sonoridade própria, mas preservando esse estilo de tocar, com uma formação 100% acústica e um repertório pulsante, de clássicos do samba-jazz sessentista.

O estilo mais solto de tocar vem também da experiência de improvisação da JAM no MAM, projeto do qual Ivan Huol é diretor artístico – e de onde também saíram alguns membros do Quintetrio, como André Becker, Matias Traut e Bruno Aranha. O grupo é formado ainda por Fernando Miranda no trompete, Diego Rosa no trombone, Paulinho Andrade no sax alto e Alexandre Vieira no Baixo acústico. Nada mais justo, portanto, que a JAM no MAM fosse o “palco” para a primeira apresentação pública do Quintetrio, presenteando os frequentadores da JAM com essa novidade sonora 100% baiana, instigante e dançante! Então, a dica da semana é: Chegue cedo na JAM!

A JAM no MAM volta com sua programação graças ao patrocínio da Bahiatursa, Secretaria de Turismo do Governo do Estado da Bahia, e do apoio institucional do Museu de Arte Moderna da Bahia (MAM-BA), Instituto do Patrimônio Artístico e Cultural, Secretaria de Cultura do Governo do Estado da Bahia.

SERVIÇO:

JAM NO MAM
Data: Aos sábados.
Local: Museu de Arte Moderna da Bahia (Av. Contorno, s/n, Solar do Unhão - Tel.: 71. 3241-2983)
Horário: Das 18h às 21h.
Ingresso: R$ 8,00 (inteira) e R$ 4,00 (meia)

Facebook / Youtube / Twitter / Instagram