Ir para o conteúdo
Marcas de patrocínio e incentivo

Previsão de volta é para inicio de agosto

Ainda em fase de captação de recursos para dar continuidade às jam sessions semanais durante o segundo semestre de 2017, a JAM no MAM fará uma pausa já a partir do próximo sábado (15/07), devendo prolongar esse período de intervalo nas próximas semanas de julho. A expectativa da Huol Criações, produtora do projeto, é que a JAM no MAM retome suas atividades no início do mês de agosto, logo que todos os procedimentos para a assinatura do contrato com os novos patrocinadores forem finalizados. Até lá, a produção do evento se compromete a divulgar junto à imprensa e em todas as suas redes sociais notícias sobre o projeto e a volta dos encontros semanais de jazz no Pátio Unhão, assim que a data de reinício for definida.

A JAM no MAM acontece aos sábados na área externa do Museu de Arte Moderna da Bahia, ao ar livre e de frente para o mar, com ingresso a preço popular (R$ 8,00, a inteira, e R$ 4,00, a meia). Desde que o projeto reiniciou em 2007, atingiu uma marca superior a 600 mil pessoas frequentando presencialmente o local para conferir as performances musicais (foram 476 jam sessions e uma média geral de 1.274 pessoas por encontro). Tudo registrado em notícias, vídeos e fotos que entraram para a história do projeto e da própria música instrumental brasileira – e que ficam arquivados nos canais de comunicação da JAM no MAM para pesquisas, compartilhamentos e memórias dos mais variados tipos. A JAM no MAM oferece performances de música instrumental com a banda Geleia Solar, dedicada a desenvolver uma sonoridade que bebe na fonte da pluralidade de ritmos da cultura popular local, além de abrir espaço para a interação com músicos de todo o mundo interessados em participar da jam session.

Imagem da JAM no MAM em Salvador. Foto Lígia Rizério.