Ir para o conteúdo
Marcas de patrocínio e incentivo

O Solar do Unhão é uma construção do século XVI banhada pela Baía de Todos os Santos e uma das vistas mais incríveis do pôr do sol em Salvador. Criado em 1960 no foyer do Teatro Castro Alves, foi apenas em 1963 que o Museu de Arte Moderna da Bahia (MAM-BA) teve o solar como sua sede definitiva.

Solar do Unhão visto do mar

A arquiteta italiana Lina Bo Bardi criou o projeto do MAM-BA com a intenção de criar um museu-escola para incentivar e expor a produção cultural da região Nordeste. A principal modificação que a arquiteta fez na estrutura do Solar do Unhão foi demolir o segundo piso do casarão, criando uma escada de madeira de grandes dimensões, apenas com encaixes e sem pregos, reproduzindo aquelas utilizadas em carros de boi. Apesar da importância de Lina para o MAM-BA, a arquiteta é demitida em 1964 com o Golpe Militar.

O MAM-BA é considerado o principal espaço para a arte contemporânea da Bahia e um dos mais importantes do país, por onde passa um público aproximado de 200 mil pessoas por ano. As suas cinco salas expositivas costumam receber obras de artistas consagrados no Brasil e no exterior. O museu conta uma galeria ao ar livre (o Parque das Esculturas) e uma sala de cinema, além da Sala Rubem Valentim. Eventos artístico-culturais de diferentes linguagens e ações educativas e artísticas fazem parte da programação do MAM-BA. Um dos destaques do museu são as Oficinas do MAM, que completaram 31 anos de existência em 2011.

Para mais informações, visite a página do MAM-BA no Facebook.
MAM Tel.: (71) 3117-6139